Um momento muito especial para o nosso processo foi retornar a lugares que tínhamos estado em 2014, quando fizemos nossa 1o  saída de campo no bairro Lomba do Pinheiro. Naquela ocasião, estávamos iniciando o nosso diálogo antropofágico com esta comunidade, onde  07 meses depois estreiamos a criação cênica LOMBAY, uma fábula urbana. De lá para cá, passaram-se 04 anos, e agora estamos retornando a espaços que o doc Sobre Marias e Terezas nos proporcionará compartilhar com o público. São lugares como as ruínas da Fazenda Boqueirão, o Haras, o Parque Saint Hilaire, Casa de D. Tereza e seu Hélio, o Salão da Igreja São Pedro e a parada 16, centro do fluxo urbano deste bairros, que acreditamos  agregarão potência imagética e histórica para poética do nosso doc-ficção.