Foto: Fernando Pires

Foto: Fernando Pires

Para assistir às apresentações, que ocorrerão nos dias 30 e 31 de julho na Usina do Gasômetro, os interessados devem se inscrever e agendar um horário

Até o dia 26 de julho, escolas e instituições públicas interessadas em levar seus alunos para assistir ao espetáculo Das Flor podem se inscrever e agendar um horário. Serão realizadas duas apresentações gratuitas, destinadas exclusivamente a escolas de Ensino Médio e EJAS, nos dias 30/7 (terça-feira, às 15h), e 31/7 (quarta-feira, às 10h), na sala 309 da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre. Serão contempladas de quatro a seis escolas (dependendo do número de inscritos), para estas apresentações. Após, será criada uma lista de suplentes para as próximas edições. As inscrições e agendamentos devem ser feitas pelo email [email protected]

Das Flor é um espetáculo que aborda a vida das pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, através de uma narrativa não linear, que procura dar espaço ao imaginário do espectador. A cenografia é composta pelos objetos-dobras, criados pelo artista Álvaro Vilaverde, que integra o elenco ao lado de Juliano Barros, Roberta Alfaya, Marcos Rangel e Fabíola Rahde. A trilha sonora é composta por Eloy Fristch, que mistura paisagens sonoras e composições eletroacústicas; o figurino é da artista plástica Margarida Rache e é construído a partir do principio da reciclagem e ressignificação de materiais (bricolagem). Luciane Panisson assina a direção desta encenação.

Conforme Luciane, a peça retrata a vida das pessoas nas ruas, repleta de referências e significados, onde a solidão e solidariedade podem se instaurar e todos protagonizam, movendo-se em direção aos seus sonhos e desejos.  Em cena, fatias de corpos brotam do inesperado e revelam, através da poética da dobra, o cotidiano do abandono e da ausência. As faces de um ser que emerge do chão, num misto de larva e feto, tendo a rua por morada e vício, onde o olhar alheio é cúmplice do fato. A humanidade sob um mesmo teto: a vida, ávida por ser a soma de todas as fatias.

O projeto Das Flor  foi contemplado pela Fundação Nacional de Artes – FUNARTE no edital Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro 2010.